• Redaction Radio ALFA
Vendredi 25 Mai 2018
  Informations

"Descobrimos os restos da Maëlys". Suspeito confessou o crime.

"Descobrimos os restos da Maëlys", disse procurador francês. Maëlys de Araújo, nove anos, desparecera há quase seis meses durante a festa de um casamento na fonteira da Isère com a Sabóia.

Retour au début  Morte "acidental":

"Descobrimos os restos da Maëlys", diz procurador francês.

Suspeito do crime connfessou que a matou sem intenção e levou as autoridades ao local onde escondeu o corpo da criança lusodescendente.

Jean-Yves Coquillat, procurador francês, anunciou esta tarde terem sido descobertos os restos mortais de Maëlys Araújo, a menina de 9 anos que estava desaparecida desde agosto de 2017.

"Há alguns minutos, encontrámos os restos mortais da criança", disse o magistrado. O procurador acrescenta que o principal suspeito, Nordahl Lelandais, confessou ter cometido o crime, mas acrescentou que ele diz que a morte terá sido "acidental".

Lelandais é ainda suspeito de pelo menos mais um crime mortal na região de onde a menina lusodescendente desapareceu.

Há muito que o homem de 34 anos, ex-militar, era o principal suspeito do crime, estando em prisão preventiva desde início de setembro.

Mas só agora confessou, depois de ter sido encontrada uma gota de sangue da criança na mala do seu carro.

Le: 14/02/2018 17:33:13
  D.Ribeiro

 Extrait(s) sonores trouvé(s)

Aucun extrait trouvé pour cet article