• Redaction Radio ALFA
Samedi 19 Aout 2017
  [Coup de coeur]

Encontro mundial de colecionadores do Citroën 2CV na Ericeira

Do mais antigo ao mais recente, 1350 automóveis "dois cavalos" são esperados entre 26 e 31 de julho no 22.º encontro mundial dos colecionadores, que pela segunda vez se realiza na Ericeira (Mafra) e em Portugal.

Retour au début  Em Portugal:

Até ao momento estão inscritos 1.350 veículos e 1.800 participantes, de 26 países diferentes, entre os quais Israel, França, Estados Unidos da América, Noruega ou Nova Zelândia, disse hoje à Lusa Rogério Soares, presidente da Associação 2CVPortugal2017, criada no seio dos seis clubes existentes em Portugal para organizar o evento.

O Citroën 2CV mais antigo (1952) e o mais recente (1990) em todo o mundo são portugueses e vão integrar o evento.

"O país que está mais representado em número de carros é a França, com mais de quinhentos, seguindo-se Portugal", adiantou o também diretor do encontro.

Desde sábado que os Citroën 2CV começaram a entrar no país, integrados numa Volta a Portugal. Uma competição em pistas de terra batida está também a decorrer em 36 concelhos do país, com meia centena de automóveis deste modelo.

A 30 de julho, 250 "dois cavalos" de todos os países representados vão circular entre Ericeira e Mafra.

Durante seis dias, o evento conta com um programa que vai desde provas de demonstração, corridas em pista, concursos de montagem e desmontagem, feira de trocas, animação com djs e grupos de música, e dança tradicionais portuguesas em diversos locais da vila da Ericeira e uma exposição dos veículos mais emblemáticos, miniaturas e memórias dos 40 anos de encontros e de história do mítico automóvel no claustro sul do Palácio Nacional de Mafra.

À exceção do resto do programa, o museu instalado em Mafra é de entrada livre.

É a segunda vez que Portugal recebe o Encontro Mundial dos Amigos 2CV. O país recebeu em 1987 o sétimo encontro, também na Ericeira, onde participaram 987 veículos, a maioria dos quais oriundos da Alemanha.

Portugal apresentou candidatura há quatro anos para organizar o evento. Em 2018, acontece na Croácia.

Passados 30 anos, o evento regressa à Ericeira, uma vez que "foi Mafra a câmara que melhores condições de logística e de alojamento ofereceu" para a organização da prova, referiu Rogério Soares.

Com o início da Segunda Guerra Mundial, a Citroën adiou de 1940 para 1948 o início da produção, que veio a terminar só a 27 de julho de 1990, na fábrica de Mangualde, em Portugal, país que comercializou também o último exemplar.

Alfa/Lusa

Le: 19/07/2017 10:41:30
  E.De Sousa

 Extrait(s) sonores trouvé(s)

Aucun extrait trouvé pour cet article