• Redaction Radio ALFA
Lundi 20 Novembre 2017
  [Dossier]

‘Tomba gigantes’ Vilaverdense e Farense eliminam Boavista e Tondela

Os ‘tomba gigantes’ fizeram hoje a sua aparição na terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol, com destaque para o Vilaverdense e o Farense, do terceiro escalão, responsáveis pelo afastamento do Boavista e do Tondela, respetivamente.

Retour au début  Taça de Portugal:

Após três dias sem surpresas, com o Benfica, detentor do troféu, FC Porto e Sporting a seguirem para a quarta ronda, o último dia de competição provocou a eliminação de cinco equipas da I Liga e outras só seguiram em frente após desempates por prolongamento ou grandes penalidades.

Um golo marcado pelo defesa Rafael Vieira, aos 45+2 minutos, foi suficiente para o Vilaverdense cometer a proeza de bater o Boavista, a quarta equipa com maior número de troféus conquistados (cinco), numa lista que é liderada pelo Benfica, com 26 títulos.

Ao Farense também bastou um golo solitário para afastar o Estoril-Praia, lanterna-vermelha da I Liga, que sofreu a sétima derrota consecutiva em jogos oficiais, na sequência do golo marcado aos 79 minutos por Jorge Ribeiro, na marcação de uma grande penalidade.

A Académica qualificou-se com dramatismo, graças a um triunfo por 2-1 na receção ao Paços de Ferreira, num jogo em que a existência de prolongamento não explica a duração superior a três horas, provocada por várias interrupções devido a falhas no sistema de iluminação do estádio Cidade de Coimbra.

Marinho marcou o golo do triunfo dos ‘estudantes’ aos 109 minutos, já a meia-luz, uma vez que a iluminação foi falhando à medida que a jogada se desenrolava, depois de André Leão ter colocado o Paços em vantagem, aos 45+7, e Nelson Pedroso ter empatado a uns ‘extravagantes’ 90+11, de grande penalidade.

O Belenenses, sétimo colocado do escalão principal, que já venceu a prova três vezes, foi eliminado de forma um pouco menos dramática pelo Santa Clara, da II Liga, com um golo marcado por Clemente aos 88 minutos, que estabeleceu o triunfo por 2-1 dos anfitriões.

O Tondela parecia ter bem encaminhada a continuidade na prova, depois de construir uma vantagem de dois golos na deslocação ao recinto do Leixões, mas desbaratou-a nos últimos 20 minutos do tempo regulamentar e acabou por sucumbir no prolongamento ao golo de Bruno Lamas, aos 95.

O Portimonense quase conhecia a mesma sorte no estádio do Moura, do Campeonato de Portugal, mas conseguiu impor-se por 7-6 no desempate por grandes penalidades, após 120 minutos sem golos, enquanto o Vitória do Setúbal só se impôs ao Pinhalnovense, também do terceiro escalão, no prolongamento, por 2-1.

Desportivo de Chaves, Moreirense e Rio Ave, pelo contrário, desembaraçaram-se com facilidade, respetivamente, do Fátima (3-0), Canelas (3-1) e Sanjoanense (4-0), todos do Campeonato de Portugal, enquanto as eliminações do Alta de Lisboa, Vila Real e Alcains deixaram a prova sem representantes dos distritais. Alfa/Lusa.

Resultados da terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol:



- Quinta-feira, 12 out:

Oleiros (CP) - (+) Sporting (I), 2-4

- Sexta-feira, 13 out:

Lusitano de Évora (D) - (+) FC Porto (I), 0-6

- Sábado, 14 out:

Vasco da Gama (CP) – (+) Vitória de Guimarães (I), 1-6

União Torcatense (CP) – (+) Marítimo (I), 0-1

(+) Cova da Piedade (II) - Anadia (CP), 1-1 (1-1 ap, 4-3 gp)

São Martinho (CP) – (+) Sporting de Braga (I), 2-3

Académico de Viseu (II) – (+) Feirense (I), 0-0 ap (3-4 gp)

Olhanense (CP) – (+) Benfica (I), 0-1

- Domingo, 15 out:

Operário (CP) - (+) Felgueiras (CP), 2-4

Alta de Lisboa (D) – (+) Famalicão (II), 0-2

Fátima (CP) – (+) Desportivo de Chaves (I), 0-3

Canelas (CP) – (+) Moreirense (I), 1-3

(+) Vilaverdense (CP) – Boavista (I), 1-0

(+) Vizela (CP) – Sintrense (CP), 3-1

(+) União Leiria (CP) – Sporting de Espinho (CP), 2-0

Sanjoanense (CP) – (+) Rio Ave (I), 0-4

Vila Real (D) – (+) Desportivo das Aves (I), 0-1

(+) Nacional (II) - Merelinense (CP), 4-2

(+) Farense (CP) - Estoril Praia (I), 1-0

(+) União Madeira (II) – Oriental (CP), 3-2

Cesarense (CP) – (+) Caldas (CP), 1-2

(+) Arouca (II) – Coruchense (CP), 3-0

(+) Leixões (II) – Tondela (I), 2-2 (3-2 ap)

Pinhalnovense (CP) – (+) Vitória de Setúbal (I), 1-1 (1-2 ap)

(+) Vilafranquense (CP) - Casa Pia (CP), 1-1 (2-1 ap)

(+) Oliveirense (CP) – Torreense (CP), 0-0 (0-0 ap, 5-4 gp)

(+) Santa Clara (II) – Belenenses (I), 2-1

Moura (CP) – (+) Portimonense (I), 0-0 (0-0 ap, 6-7 gp)

(+) Praiense (CP) – Alcains (D), 4-1

Amarante (CP) – (+) Ideal (CP), 1-1 (1-1 ap, 4-5 gp)

Gafanha (CP) – (+) Freamunde (CP), 0-0 (0-0 ap, 2-4 gp)

(+) Académica (II) – Paços de Ferreira (I), 1-1 (2-1 ap)



(+) - Qualificado para a quarta eliminatória, que está marcada para 19 de novembro.

Le: 16/10/2017 15:47:26
  M.Alexandre

 Extrait(s) sonores trouvé(s)

Aucun extrait trouvé pour cet article