• Redaction Radio ALFA
Vendredi 19 Janvier 2018
  [Coup de coeur]

Vale tudo - em Béziers. Opinião

Um cartaz e uma polémica. Opinião, por Ferreira Fernandes, DN.

Retour au début  Robert Ménard:

Uma pequena cidade do sul de França, Béziers, com um presidente de Câmara que é uma figura nacional - e um cartaz de propaganda que não é um faits divers, é uma montra do hoje. Robert Ménard, 64 anos, antigo jornalista, precursor das rádios livres e fundador da ONG Repórteres sem Fronteiras, foi da extrema-esquerda, passou-se para o PS e acabou maire, eleito em 2014, apoiado pela FN, de extrema-direita. Tem governado Béziers com medidas polémicas, que graças a ele têm sempre repercussão nacional. E ganhou o prémio Político Mentiroso do Ano (2016). Este prémio ajuda-nos a perceber do que estamos a falar: não foi dado porque se investigou e descobriu que ele mente, mas porque Ménard é um ator moderno da coisa pública. Antes, um político, ao mentir, prestava os seus respeitos ao eleitor, esforçava-se para que nós não lhe víssemos os erros ou os desfalques. Hoje é o "eu sei que tu sabes que eu...", a mentira sincera, que é tuítada cada dia. E não é só esse loiraço de que estão a pensar que o pratica - já se generalizou. Robert Ménard tem uma campanha política - o comboio TGV passar por Béziers - e quis fazer o maior alarido. Então, fez um cartaz com uma mulher amarrada aos rails: aterrorizada, ela via um velho comboio ronceiro a aproximar-se. Frase do cartaz: "Com o TGV ela sofria menos". Facto: em junho, a francesa Emilie, de 34 anos, foi amarrada a rails pelo marido e ainda estava viva quando um comboio a esquartejou. Agora, o político passou por cima de Emilie... Minudências, o importante é que se saiba que Robert Ménard luta pelo TGV em Béziers.

Le: 12/12/2017 11:59:35
  D.Ribeiro

 Extrait(s) sonores trouvé(s)

Aucun extrait trouvé pour cet article